#
 Secretário virtual

Clique no play
 Principal
 Conteúdo
 Previsão
 Fotos
Comemorando pra valer!
Inauguração do Museu com presenças ilustres
Exposição José Fernandes 03
Mais fotos do acervo
 Usuários on-line
6 visitantes online (2 na seção: Seções)

Usuários: 0
Visitantes: 6

mais...
 Pesquisa

Pesquisa avançada


Museu Afro-Brasileiro de Sergipe

Histórico
O Museu Afro-Brasileiro de Sergipe foi criado em Janeiro de 1976 e oficializado em fevereiro do mesmo ano, pelo Decreto n° 3.339. Está localizado na cidade de Laranjeiras, interior de Sergipe. O Museu tem como objetivo pesquisar, preservar e mostrar através de sua exposição permanente e temporárias, atrações marcantes da história de Sergipe, no período da monocultura canavieira. É um Museu específico, classificado como Museu de História. Foi o primeiro montado especialmente para o estudo da presença do negro na formação do povo brasileiro.

O prédio onde está montado o Museu é do século XIX, conhecido como Casa Aquiles Ribeiro, com características arquitetônicas do neoclassicismo. É uma edificação com dois pavimentos que facilita o trabalho museográfico, montado de forma simples, mas primando pela didática.

Acervo
A viagem pelos traços do africanismo sergipano começa pela economia, com uma mostragem de peças ligadas ao cultivo da cana e a produção do açúcar, instrumentos de tortura utilizados pelo branco para manter o negro nos engenhos, passando pelo mobiliário e meio de transporte utilizado pelos senhores, utensílios domésticos usados pelos escravos da casa grande. Tudo isso no pavimento térreo.

No pavimento superior têm-se o universo da religiosidade afro-brasileira, com os Orixás, os Pégis, elementos de culto, Exus, Caboclos e o Nagô que ainda resiste em Laranjeiras. As manifestações folclóricas de origem negra e as heranças mais marcantes deixadas por essa raça.

O Museu é montado de acordo com o processo histórico. Então, nós temos todo o acervo voltado para a economia açucareira, como as moendas de cana, os arados, carros-de-boi, as prensas e as casas de farinha. Em seguida se vê os instrumentos de tortura, o que o branco utilizou pra manter os negros nos engenhos. No museu tem os troncos, réplicas das mordaças, bola-de-ferro, chicote, palmatória e uma série de instrumentos. O Museu tem um espaço que mostra o que é um pouco do engenho, e um dos mais importantes, o massapé, um engenho super importante para a história do Estado. Dentre outros utensílios, existem a mucama, peças do imobiliário, cadeiras de arruaça, que é a única do país, as peças pesadas, como pilão, e a casa grande.

Mantenedora
O Museu Afro-Brasileiro de Sergipe é um Órgão pertencente à Secretaria de Estado da Cultura. O museu está instalado em um prédio do século XIX, que funcionou como casa de comércio e residência ao mesmo tempo. O Prédio possui características neoclassicistas mantidas principalmente na sua fachada externa, pois o ambiente interno foi adaptado para o funcionamento do Museu.

Localização
Cidade de Laranjeiras/Sergipe (Rua José do Prado Franco, 70).

Horário de funcionamento
Terça-Feira a Sexta-feira das 10h às 17h
Sábados, Domingos e Feriados das 13h às 17h

Valor da visitação
Inteira: R$ 2,00
Meia: R$ 1,00

Obs.: As fotos do Museu Afro-Brasileiro de Sergipe podem ser acessadas em nosso Álbum de Fotos.

Retornar ao Índice Retornar ao Índice
[ Retornar à Nossos Museus | Retornar ao Índice | Versão para impressão]
 Nossos Museus

 Nossas Galerias

 Exposição

 Parceiros

 Enquete
Você gostou da ideia deste site?
Sim
Não

 

O site Museus em Sergipe é uma publicação dos alunos do curso de Museologia, realizado como projeto final da disciplina Tópicos Especiais em Educação e Comunicação em Museus, sob a coordenação do Prof. M.Sc. Fábio Figueirôa. E-mail: museusemsergipe@infonet.com.br