PostHeaderIcon Jovens fazem uso abusivo dos fones de ouvido

Jovens abusam do uso dos fones de ouvido

Jovens estão tendo problemas auditivos mais cedo.

Os problemas auditivos deixaram de ser um caso apenas para os idosos. Com o avanço da tecnologia e com o surgimento dos aparelhos portáteis de música digital (mp3, mp4, ipod e celulares), os jovens estão entrando no grupo de risco de perda auditiva com o uso abusivo de fones de ouvido e o excesso do volume alto. Muitos deles ficam escutando música alta por longos períodos, o que pode acarretar futuros problemas no aparelho auditivo.

Os jovens de hoje vem abusando do uso dos aparelhos portáteis de música nas ruas e em suas casas. Passando várias horas com o fone de ouvido num volume muito alto e ele nem imagine que futuramente ele terá problemas na audição e perdendo o sentido de ouvir ao poucos.
Muitos quando entram no ônibus tendem a aumentar o volume, já não bastando o barulho da rua e do ônibus. O adolescente aumenta o volume e as pessoas do seu lado conseguem escutar o que ele estar ouvindo.

Com esse fato, os ouvidos começam a ter lesões gravíssimas e começará a ter uma surdez precoce, uma surdez que chega a ser de um idoso. Tendo uma boa perda da audição, o jovem terá que usar próteses auditivas (aparelhos auditivos)
Um sintoma de que algo não vai bem com seus ouvidos além de zumbidos, é a dificuldade de se entender o que as pessoas falam, ou não ficar satisfeito com o volume de uma música mesmo já estando em um volume alto. As freqüências que captam os sons agudos (de 3 a 6 KHz) são mais frágeis. Por isso, em geral, a perda de audição afeta primeira a percepção dos agudos.

Níveis permitidos de exposição ao ruído:
ü 90dB NA por 8 horas
ü 95dB NA por 4 horas
ü 100dB NA por 2 horas
ü 105dB NA por 1 hora
ü 110dB NA por 30 minutos
ü 115dB NA por 15 minutos

Cada vez que se aumenta em cinco decibéis (dB) em nível de audição (NA) a intensidade sonora, o tempo saudável deste contato com o som cai pela metade. Vale ressaltar que a exposição aos sons de grande intensidade acima do tempo sugerido aumenta consideravelmente a chance de desenvolver perda auditiva e/ou zumbido.

Teste sua audição:
• Você costuma pedir para os outros que eles repitam o que falaram;
• Possui amigos que falam que você não escuta bem;
• Geralmente deixa aparelhos eletrônicos (radio, televisor, som) em volume mais elevado que as outras pessoas;
• Tem dificuldades em entender diálogos com ruídos no ambiente em que se encontra;
• Fica com dificuldades em acompanhar conversas em grupo;
• Tem dificuldade em saber de onde os sons estão vindo.

Se você estiver com mais de três sintomas desses listados acima, você está com uma diminuição auditiva. Deve procurar um Otorrinolaringologista para que ele faça os procedimentos para a detectação de possíveis lesões auditivas. Quanto mais cedo o diagnostico menor serão as chances de uma surdez.

Mais informações acessar o site da Sociedade Brasileira de Otologia - http://www.sbotologia.com.br

Deixe um comentário